Resenha: Se eu ficar


   Lá estava eu procurando um livro para ler em 2016, olhei minha prateleira e tinha alguns livros que eu não tinha lido ainda e entre eles estava: Se eu ficar.
   O livro foi lançado em 2009 e estourou mesmo em 2014 quando virou filme. 
O livro conta a historia de Mia, uma garota que é bem tímida, calada e talentosa com uma imensa paixão pela música, pelo violoncelo, para ser mais especifica. Mia se apaixona por Adam que é um garoto divertido, carismático e que completamente oposto dela, mas muito parecido com os pais da Mia que também são fãs de Rock, que aliais, seu pai era de uma banda de rock e abandonou tudo quando o irmão mais novo da Mia nasceu.
   Em alguns momentos do livro, Mia conta como se sente extremamente deslocada por ser oposto da sua família e do seu namorado, Mia tem um senso de humor bem calmo, bem escondido, na maioria das vezes ela sempre parece está séria.
    Em um dia de neve, as escolas são fechadas e Mia junto com Teddy, seu irmão, e seus pais viajam para casa de velhos amigos, no caminho Mia ouve uma sinfonia calma e no minuto que fecha os olhos, um terrível acidente de carro acontece e ela vê seus pais sendo cobertos, mortos e vê seu próprio corpo sendo retirado dos destroços. Ela pensa está morta e segue seu corpo até o hospital.
    No minuto em que Mia vê os médicos tentando salvar sua vida, ela começa a repensar todos os momentos que já passou, com sua amiga Kim, a viagem de Kim no helicóptero pela primeira vez, com Adam, que vai desde do primeiro beijo até a primeira briga, o nascimento do seu irmão e sua primeira vista pelo violoncelo até sua apresentação para a Julliard.
    Durante todo o livro, Mia tem uma difícil tarefa: Ficar ou não? Ficar e superar a perca da família e seguir em frente? Ou ir e se juntar a eles?
   Gayle Forman conseguiu refletir uma linda e trágica historia de amor e fazer questionamentos intensos sobre percas e vida.
   O livro vale muito a pena e eu amei. Principalmente o Adam  todos os personagens.


    Sobre o filme, ele foi estreado pela a maravilhosa e talentosa atriz Chloe Grace Moretz acompanhada do Jamie Blackley em 22 de agosto de 2014 e fez muito sucesso, dando também ao livro mais sucesso do que já tinha e conquistando milhares de fãs pelo mundo.
   Em muitos sites de criticas, Se eu ficar foi bem comparado com A culpa é das estrelas por serem dramas românticos feito para jovens e terem uma questão sobre morte e superação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário