Querida, você é jovem demais para seguir a moda

fonte:Pinterest

   Uma vez ouvi alguém dizer "você está jovem demais para seguir a moda."  Isso gerou um turbilhão de pensamentos na minha cabeça, será que já não crescemos com nossa própria moda? Temos mesmo que seguir alguma? Nos influenciamos tanto assim? E qual é a idade creta para seguir a moda? E que moda? será que somos jovens demais para seguir a moda de amar, de falar, de correr, de sentir? Será que mode virou algo comum que muitos já não querem para os jovens como drogas?
           O fato é que ainda não sei exatamente de que moda falamos e nem se podemos proteger alguém dela, não me entenda mal, levantei mil perguntas e não respondi nenhuma, mas porque ainda somos jovens demais para entender qual moda não devemos seguir, talvez seja nossa roupa, nosso estilo musical. O ser-humano muda todos os dias para ser aceito, habilidades e talentos em comum faz com crie círculos de relacionamento, acho que deve ser isso a moda. A moda dever ser mudar para ser aceito, a moda deve ser em sentido de igualdade para agradar alguém, porque quando se é jovem, se na rua com uma asa de fada, saia colorida e parece bom demais, mais uma vez não me refiro a moda de roupa, longe disso, sou apaixonada por esse tipo de moda, mas a moda que me refiro é a moda que faz as pessoas agirem de forma que elas nunca agiriam de soubesse que iriam ser aceitas do seu jeito.
            Quanta vez as pessoas seguem modas que simplesmente não se sentem bem? Ir à um lugar que não tem nada haver contigo? Falar com pessoas que não faz seu estilo? E falar de uma forma que você não é, é isso mesmo queridos, vocês estão jovens demais para seguir a moda, digo, sou uma criança apenas se eu brincas com bonecas? Sou uma adolescente apenas se eu beber e fumar escondido dos meus pais? Sou uma adulta apenas porque tenho uma rotina? Não, sou eu, assim, desse jeito, nem amadureci o suficiente e nem brinquei muito ainda, nem trilhei uma meta de vida, mas ok. Quer saber? Tudo bem, não sei quanto tempo tenho para fazer isso, mas parei de pensar nele há algum tempo.
             Acho que isso é moda, você para de viver do jeito que estava planejado, é melhor se acomodar né? É, você fica lá paradinho e a vida faz o resto, certo? Nada mais, que se cale para sempre e nada mais é dito até uma eternidade de anos, moda é seguir padrões, moda é ser comandado por alguém, moda é conter-se, moda é se afogar dentro de si, moda é não ser quem você é, moda é isso, mas como já disse, talvez eu seja jovem demais para entender e eu me lido bem com isso, fico feliz por ter certeza que não sei tudo.
          Sou jovem demais para seguir essa moda mesmo, então eu vou ser quem eu quiser ser, vou fazer o que eu quiser e vou agir como eu quiser, e se eu gritar no meio da rua vai ser absolutamente normal, e se de repente dá vontade ficar na cama, eu fico, a minha moda é que eu sou ela, eu sou a mais falante, a mais calada, a mais animada, a mais triste, mais sorridente, mas chorona, essa é minha moda, eu sou um poço de coisas que não me compreende e que eu não entendo mais ainda, isso é minha moda, isso é não mudar por alguém, seja por qualquer um e se alguém se incomoda eu sempre dou espaço para uma opinião, se eu gosto eu comemoro, mas se não gosto apenas vou e continuo se achar que é certo, e se só me confunde, viro a cara e começo a falar de novo, o mundo já é uma grande confusão para se juntar ao meu caos e gosto de pensar que isso é tão divertido quanto o parque de diversão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário