Uma carta aos pais racistas.

   
Dorothy Counts, primeira aluna negra de uma turma de brancos. EUA
 Queridos pais,
o racismo é um problema frequente e ainda ocupa números muito grandes em nosso país, os negros não vivem igual aos brancos, não importa se hoje ele tenha status econômico, muitos ainda o verão com desprezo e isso começa com você.
    Não ensine seu filho a odiar os negros, não ensine a ele a darem apelidos maldosos, não ensine coisas que machuquem outra pessoa, muitos hoje são extremamente racistas e até queria usar uma imparcialidade e não me pronunciar sobre isso enquanto escrevo, mas tenho que dizer: Você é um babaca! Se você não senta perto de negros, se você chama-o de "macaco" e de vários outros tantos apelidos que eu já ouvi por ai, você, meu amigo e amiga, é um babaca. Saiba que um país cresce igual, o que você trabalha, um negro trabalha e se é feriado para você, para ele também, e se você é roubado pelo governo, não se engane, ele é também. Mas estamos falando sobre ódio, pois veja bem, os brancos nasceram em "berço de ouro".
    Se você não é negro, saiba que houve um tempo em que negros não podiam entrar em certos lugares, como confeitarias da época, saiba que eles não podiam olhar algo desejável de longe, isso mesmo, eles não podiam olhar que a polícia já chegava, o derrubava no chão e o acusava de assalto e Deus sabe o quanto verdadeira estou sendo, de estupros até. Saiba que houve um tempo que negros não podiam ir à escola, não podiam ocupar o lugar que quisesse em um ônibus, não podiam dizer o que queriam. Houve um tempo em que ser negro era muito difícil, desculpe meu equívoco, há um tempo que ainda é difícil ser negro e é hoje, e será amanhã e será até pessoas babacas existirem.
    Como essa carta é destinada aos pais, acho que posso usar um pouco da minha maturidade e falar como se fosse de adulto para adulto, mas tenho logo que dizer que se você é racista, não estamos falando de adulto para adulto, porque o racismo é uma ação totalmente ultrapassada, queria dizer "infantil", mas eu ofenderia as crianças que ao nascerem, nunca deixara de brincar com um amiguinho por terem cores diferentes. Então, pais, você amam seus filhos, certo? E eles são brancos? E você é racista? Pois bem, vamos ver como seria a vida do seu filho pelo menos um dia em uma pele negra nesse mundo ultrapassado de esteriótipos egoístas, para que você sinta ainda mais firme esse impacto, vamos coloca-lo nos anos 60.
     Como bom educador, você quer que ele vá para melhor escola, mas desculpe, seu filho é negro, ele não pode frequentar essa escola, agora procure uma de quinta e o jogue lá dentro e reze pais, ele não será educado lá e quem sabe até se envolva com drogas. Isso mesmo, isso seria o suficiente para você? Se não, vamos lá novamente. Seu filho parou na rua e foi olhar da vitrine um carrinho ou boneca super linda, muito trabalhado e lindo. Ei, você se esqueceu que por hoje seu filho é negro? Pois é, que pena. Ele será jogado no chão, não impota tamanho ou idade, a polícia vai trata-lo como animal, as pessoas vão ficar olhando e não desconfiando do caráter humano, algumas vão achar ótimo, pois veja: É um menino ou menina negra tentando "assaltar" uma loja, merece mesmo é um esculacho, essas pessoas que estão rindo, pessoas completamente racistas, é você, você rir, não só porque é babaca e racista, mas porque não é seu filho, mas agora volte a nossa história, sim, é seu filho. Você sabe a verdade, sabe que ele só estava olhando, mas ele é negro, então não adianta dizer nada, sua voz será abafada por milhares e milhões de brancos dizendo que você está mentindo, porque você também é negro.
      E sentar em um ônibus, no lugar que quiser onde você senta hoje, seu filho não poderia, então o colocariam lá no fundo, para que os brancos não precisasse olhar para ele, e se acaba os lugares, fariam ele descer, onde quer que fosse, porque um branco tem que sentar, negros não. Deu dinheiro ao seu filho para comprar um bolinho naquele dia? Desculpe, mas no nosso estabelecimento não aceitamos "gente de cor". Ir à uma escola para brancos? Desculpe cortar seu coração paternal ou maternal, mas seu filho chegaria em casa chorando, talvez as roupas dele estivesse rasgadas, a boca sangrando, o olho roxo, muita dor, dor que você não pode curar, as físicas talvez melhorem, mas e o resto? Nada poder ser feito, sabe por que ele apanhou? Ora, ele é negro, ele é um "macaco", ele é "latão". Vamos trazer logo seu filho para os dias de hoje, eu sei que você não aguenta mais ver ele sofrer, sei que você não aguenta ele ser humilhado por pessoas idiotas, apanhar de pessoas idiotas, descer do ônibus por pessoas idiotas.
      Sinto muito em te informar, mesmo seu filho estando nos dias e hoje, ainda estamos considerando que ele é negro e as coisas não são tão diferentes, seu filho vai continuar sendo chamado desses apelidos idiotas, ele vai sofrer Bullying na escola, ele vai chorar algumas vezes, ele vai ser acusado de querer assaltar alguma coisa, só porque ele deslumbrava. E se acaba os apelidos para ele, não se preocupe, a internet disponibiliza vários novos apelidos, "apelidos para os negros" e seu filho vai continuar ouvindo e se ele chega em um lugar desconhecido, vão chamá-lo de ladrão também. Já está com raiva das pessoas que fizeram isso com seu filho? Então o deixe voltar para pele branca, mas lembre-se que é você que faz isso, não importa se é criança ou adulto, as condições de tratamento são de animais e vergonhosas, e se você é mãe, há várias outras mães que não fazem situações hipotéticas para ver como seria o racismo, elas vivem isso todos os dias, elas veem seus filhos sendo humilhados, sendo descartados, apenas por uma cor, uma cor que não define caráter, não melhora ou piora órgão de ninguém e principalmente, não muda o destino de ninguém no final da vida, negro ou branco, todo mundo vai para o mesmo buraco.
      Situações como essas acontecem de verdade, então não ensine seu filho a ser um racista, isso machuca, isso faz mal, e não seja um babaca racista, me desculpe informar, mas se atitudes como essa acontecem por sua causa, você está envergonhando a sociedade, pessoas que mesmo brancas, pardas ou seja lá o que for, luta ao lado dos negros, lutam contra você.Toda vez que pensar em chamar apelidos racistas ou descriminar alguém pela cor, coloque seu filho na pele negra e o deixe viver por um dia nessa sociedade. Porque é muito mais fácil praticar o racismo, quando não é seu filho lá, é muito mais fácil ser a pessoa que faz o racismo, quando você sabe que ele não será afetado, pois me perdoe, ele vai ser afetado sim, um filho racista terá uma alma podre e perderá uma luta, pois nós, pessoas que acreditam que deve haver uma igualdade de raças, vamos lutar até o fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário