5 Motivos para ler a série da Jenny Han: Para todos os garotos que já amei.

FOTO: MELINA SOUZA
     Umas das minhas séries literárias favoritas é: Para todos os garotos que já amei. da Jenny Han, uma seleção de três livros que são: Para todos os garotos que já amei, P.s Ainda amo você e o mais novo lançamento Agora e para sempre Lara Jean. Os livros contam a história de uma adolescente asiática americana chamada Lara Jean, que vive com o pai e duas irmãs, sendo que uma se muda para Escócia para fazer faculdade. Lara Jean tem a mania de escrever cartas para cada um dos garotos que já amou na vida, cinco no total, incluindo o namorado da sua irmã e o garoto da sua escola que lhe deu o primeiro beijo e hoje é o típico popular com uma namorada clichê.
     Em uma confusão, as cartas acabam sendo enviadas para esses garotos e ela entra em um pacto com um deles.E aí já viu. acontece que, a série está se tornando um sucesso tão grande que Jenny até confessou que os direitos autorais foram vendidos e tem uma grande chance de suas palavras virarem um filme mais do que incrível. Antes que isso aconteça, aqui vai alguns motivos para você acompanhar a série de livros e estar preparada para o filme.

1- Lara Jean tem as mesmas neuras que a gente.
     Sabe aquela coisa de mudar da cidade, deixando a família para trás, porque tem que fazer faculdade? A personagem passou por isso, primeiro com sua irmã e depois esse peso começou a cair sobre ela, todos os pensamentos embaralhados, além daquela preocupação com fofocas que se espalham na escola a seu respeito e o coração dividido.

2- Leitura dinâmica e rápida.
     Li os dois primeiros livros em dois dias, ou seja, um dia para cada livro, além da fonte ser ótima, os livros da Jenny ficam na média de 300 páginas de uma leitura engraçada, envolvente e viciante, uma história que pega o leitor e só o liberta depois dos agradecimentos.

3- Os garotos.
    É quase impossível um livro ter um garoto que não "preste", mas o da Jenny, eles são maravilhosos, Peter Josh e vários outros que vão aparecendo no meio do caminho, que tratam bem as garotas, que as respeitam e são encantadores e atenciosos, é pedir demais trazê-los para realidade?

4- Uma temática diferente e interessante.
     Embora ainda seja uma ficção adolescente, a ideia da autora é muito original, faz você se colocar no lugar da Lara Jean. E se você escrevesse uma carta apontando todos os defeitos do garoto que você gosta e guardasse ela só para você, mas acordasse um dia e esse garoto estivesse com essa carta na mão te fazendo mil perguntas? Talvez, se essa série de incidentes não ocorressem, ela nunca teria descoberto o garoto que realmente amava e o quão perto ele estava.

5- Você vai deixar as pessoas te definirem?
     Esse não é só um problema temático, é universal. A personagem sofre muito com o que pensam sobre ela, os boatos espalhados, que ela sabia que era mentira, as coisas que as pessoas diziam pelas suas costas, as opiniões que mantinha,. No fim, o importante é deixar que isso não defina quem realmente você é.

Nenhum comentário:

Postar um comentário