Uma carta aos funkeiros brasileiros.

 
   Senhores músicos do funk, toda a música deveria inspirar as pessoas, todos  deveriam se sentir felizes e nada ofendidos ao escutá-la, mas algumas músicas que estão sendo produzidas, principalmente por vocês, ofendem as mulheres. Para quem vocês estão fazendo essas músicas? Por que ela tem necessidade de falar o que ela fala? Mulheres não são 1) comida, 2) Vadias, 3) objetos. Mulheres têm valores, mulheres não são cadelas. Mulheres não têm apenas ''bunda'' como os senhores falam tanto, bunda não serve para ralar em calçamento, O nome desse objeto é vassoura. as mulheres lutaram a vida inteira por mais direitos dentro da sociedade e vocês conseguem jogar em versos de 3 minutos.
    Depois, precisamos falar da venda excessiva de relações sexuais, música salva, música ajuda pessoas a saírem de uma escuridão profunda e reencontrar dentro de uma melodia, seja qual for. Quem tem talento: Está feito, corre atrás do sonho e dispare do sucesso a diante, mas quem não tem: Realmente, vamos apelar, certo? É preciso falar todas essas coisas obscenas para que o cara que ouça isso, seja o "fodão" dos amigos, para que o cara que canta isso seja O CARA de todos os homens, ele pega quem quiser e ele brinca a hora que quiser, basta dar aquele telefonema e tem uma "gostosa" esperando por ele. Essas coisas, novamente dizendo, ofendem as mulheres, não apenas isso, mas incentiva ao estupro, porque nem todas as mulheres aceitam um cara que só dar um telefonema e quer que ela esteja lá, vamos fazer o que então homens? Isso mesmo, se ela não quer como a do cara da música quis, a gente a força. Isso é doentio.
     A questão também é: pessoas da mídia, mesmo que não queiram, mesmo que achem que não, exercem muita influência na mídia, e o que estamos proliferando por aí? maconha. Isso aí cara, vocês arrasam, vão a festas com sua maconha, seus colares enormes e dourados, seus óculos espelhados e claro... Como poderia faltar? As "vadias". O que seria se as pessoas realmente entendessem suas mensagens? Porque penso que elas não entendem, não entendem que estão sendo ofendidas, não entendem que estão sendo totalmente intoxicadas pelo que vocês lançam.
     Além do mais, parem com isso de ostentação! isso mesmo, espero que vocês saibam que é melhor andar por aí todo esfarrapado, mas com respeito, falando com as pessoas de igual para igual. Mostrando a elas que você é carne como elas, que vocês vão para o mesmo buraco, que as mesmas bactérias vão comer vocês. Acrescentando: Do que adianta toda essa riqueza? Exibir para os amigos? Mostrar quem tem mais? Quem vai ser o mais garanhão? Interessante né?
     Por fim, eu queria dizer que fiquei ofendida em apenas duas músicas que ouvi outro dia e não estou nem ai se vocês vão continuar lucrando, mas parem de chamar as mulheres de vadias e vagabundas, porque elas não são isso, parem de exibir uma riqueza que vocês não têm, parem de exibir a voz que vocês não têm, pare de exibir a sociedade a esse papel e procurem seus talentos para cantarem algo com que realmente se importem, com que realmente inspira vocês e inspire a quem vier ouvir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário