5 indicações literárias da Emma Watson.


       Muitas pessoas, ao pensar em Emma Watson, enxergam uma garotinha vestida de bruxa, muito inteligente e com cabelos rebeldes conhecida como Hermione, na saga Harry Potter. Entretanto, Emma fez vários outros trabalhos artísticos e conseguiu conciliar tudo isso a sua faculdade, isso mesmo. Emma Watson é formada em literatura inglesa, pela Universidade Brown, além de possuir seu próprio grupo feminista de leitura Our Shared Shelf, ela ainda é embaixadora da ONU mulheres, onde lançou a campanha HEforSHE. 
        Um dos passamentos favoritos da atriz, além de ler e se dedicar ao seu clube de leitura, é esconder livros pela cidade, colocando eles em estátuas, estações de metrô e outros, nesse post, vai haver 5 livros que a Emma já indicou para seus fãs, que ela já leu, que ela amou e até chorou.

1- Hunger Makes Me a Modern Girl de Carrie Brownstein
.
   Hunger Makes me a modern girl pode ser encontrado na livraria Amazon, mas apenas em inglês, é um livro onde a ícone da música Carrie Brownstein conta toda sua trajetória até o estrelato, relatando os movimentos mais importantes da história do Rock.

Minha vida na estrada de Glória Steinem

Minha vida na estrada", livro de memórias da jornalista, escritora e ativista norte-americana Gloria Steinem. A autora fala na obra sobre as viagens que fez pelo mundo para escrever matérias, trabalhar em campanhas políticas e participar de conferências ligadas ao movimento feminista.

Mom & Me & Mom de Maya Angelou
Maya foi criada por sua avó paterna e aos 13 anos ela volta a morar com sua mãe na Califórnia. A descoberta da relação com sua mãe, o entendimento do por que sua mãe mandou morar com a avó quando pequena, a descoberta da maternidade por parte de Maya, como chegou a maturidade, são algumas das histórias que Angelou compartilha.

Persépolis de Marjane Satrapi 


Persepolis é uma HQ autobiográfica que discorre sobre a vida de uma garota iraniana e todos os percalços em meio a um ambiente opressor e formado por ideologias conservadoras. O livro trata de assuntos como relacionamentos familiares, opressão e a forma que a personagem lhe dá com esse situações durante seu desenvolvimento.
The argonauts de Maggie Nelson.

 É um livro de memorias não-convencional, escrito de maneira não-convencional. A autora narra em forma de pequenas anotações, como se estivesse escrevendo em um blog ou diário. Porém, essas anotações são feitas com muitos questionamentos e posicionamentos. Um livro mais filosófico e pode ser mais difícil seu entendimento. 
espero que tenham gostado e que tenham a oportunidade de ler algum desses livros que a Emma indicou para seus fãs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário