Image Map

Papai

      



    Eu sempre me preparei para te perder, não sabia quando, como e onde ia acontecer. Acho que inconscientemente sempre me preparei para me virar sem você, mas não te ter mais...é a maior perda da minha vida e eu sei que sempre me preparei para te perder, quando aconteceu, eu não tinha nada preparado e eu que achava que não ia sentir muita dor, fui devastada, rasgada ao meio, meu coração parou de brilhar quando eu escutei a voz do outro lado do telefone dizendo que você tinha ido.

      Então era assim a dor? Era ouvir e não reagir? pensar que talvez eu não soubesse mais andar. Eu sempre me preparei para te perder, só não sabia que ia doer, doer tanto que eu também quis me perder, se lembra? eu sempre pedi para me levar com você. Você pensou em mim antes de ir? Você se lembrou de não me esquecer? Porque eu quero ir com você.

         Lembre de não me esquecer, lembre de me guardar como eu tô guardando você,o que era nosso, só a gente sabe, o que a gente ria, só a gente entendia, você foi, sem sombra de dúvidas e nenhuma reticências ou espaço para questionamentos, a maior perda que eu já tive, perda com D como dizia Martha Medeiros, aquela que dói, aquela que é muito para ignorar e não aquela com C em que eu superaria daqui uns meses. O mundo nunca mais vai ser o mesmo sem você nele e eu ainda não consigo imaginar um mundo sem você, um mundo em que não tenho meu pai, mesmo que eu sempre tenha me preparado para te perder, esse mundo é uma droga sem você.

        Eu sempre me preparei para te perder, mas não sabia que ia doer olhar, que eu ia chorar na porta de um hospital grande, sozinha as 16 horas de um domingo quente, enquanto todo mundo passava e me olhava, o que eu poderia dizer? Eu já sabia o que elas não queriam me contar, você não ia voltar. Eu achei que tinha secado minhas lágrimas, mas sempre vou ter mares de lágrimas para você, porque eu não sei como não lembrar constantemente de você. 

Eu achava que podia, mas não consigo escrever sobre você...

não importa quantas vezes eu diga que estava preparada para te perder, não é verdade, eu nunca quis te perder, sempre quis ter você, não esquecer de não me esquecer, porque eu nunca nunca vou te esquecer.

Com amor, da sua filha LariCe.

Irmão

   


 Chego para ele, eu sei como ele se sente, acho que nunca fomos tão parecidos, ele sabe como eu me sinto, finalmente e ainda assim a gente se sente incompreendido, como se nossa dor fosse singular, mas não é. Sento

- Eu sei como você se sente. - digo. - eu também não queria estar aqui, mas... ele é seu e meu pai. Eu sei que isso não quer dizer muita coisa, além de norma social que temos a obrigação de estar aqui, mas, você é quem é por ele e eu sou quem sou por ele e ele é muito de nós. Pense em antes dessas merdas acontecerem, ele foi um bom pai, pelo menos para mim, eu lembro sempre que ele foi meu melhor amigo durante do fundamental 2, porque eu não consegui fazer amigos na escola. Ele deve conhecer mais estrelas do POP que você, porque ele assistiu todas elas comigo e me ouviu falando por horas sobre a vida de cada uma, mesmo sem esse ser o universo dele. Sabia que ele me incentivou a assistir Glee sem saber? Um dia ele deitou e estava passando na TV e ele me chamou para ver porque achou interessante e desde então eu vi todos os episódios mais de uma vez, ele me exibiu para o mundo como o ser humano mais valioso, mesmo quando eu acreditava ser tão sem valor até para mim mesma. Eu sei que você não quer estar aqui, eu também não, mas eu estou, porque eu não imagino quem eu seria sem ele, como eu seria sem ele, e mesmo que eu ache que ele foi roubado da gente há um tempo, que ele entregou todos os pontos, antes de entregar os pontos, ele entregou tudo de si e eu não vejo ninguém mais fazer isso por você no mundo que você vive. A gente não está aqui porque precisa, pelo menos eu não estou aqui porque eu preciso, estou aqui porque sou grata e porque ele que precisa. Eu posso ter dito muitas coisas duras para ele... assim como ele também disse muita dureza para mim, mas de alguma forma, parte de mim não consegue imaginar um mundo sem ele, não quero imaginar um mundo sem ele, porque... esse mundo não faria sentido para mim. Eu perdi muita coisa esses meses e eu não quero perder ele, porque eu só tenho um desses, eu só tenho um e você também e depois disso nunca mais teremos outro. É, é basicamente por isso que eu estou aqui, mas eu sei como se sente.

Eu sempre soube.


dias de hospital

      



 Primeiro raiva, muita raiva, você me tomou tanto.

segundo, pena, eu não queria ver seus olhos assim tão tristes

me desculpa quando eu disse aquelas coisas

claro que eu não falei sério

claro que eu não quis dizer

você sabe que eu não quis dizer

por favor me perdoe

porque terceiro, eu sinto saudades

das coisas que eu gosto de reclamar e você gosta de reclamar

eu gosto de dormir sabendo que você está por aqui

eu gosto quando você me reconhece, porque agora sei que esse é um super poder

eu sou sua garota 

só há uma de mim para você

e só você para ser algo meu

me ligue 

mas não brigue comigo

não reclama assim de mim

eu amo você

eu só quero que você se salve e me leva junto

me leve junto

eu sempre fui

eu sempre acreditei

só me leva junto

- Melhoras

22

 


 Eu tenho 22

não fui ainda para a faculdade

minha avó morreu

meu pai está doente

ele me deixou, ou eu decidi que já era hora dele ir

ela não é mais minha amiga

eles não me amam como a gente deveria se amar

somos mesmo sangue

eu tenho 22

e parece que estou mais forte

meu cabelo está mais curto

minhas unhas nunca crescem

sempre tem uma espinha aqui e ali

22

e eu nunca me senti tão sozinha


Você não sabe me manter

       


Você não sabe me manter, quando vai saber?

Você não sabe me manter, sabe que sempre volto para você, mas não sabe me manter, eu me sinto sempre escorrendo das suas mãos e cada vez eu volto menos, volto menos interessada, volto menos apaixonada, volto menos paciente porque você não sabe me manter, acho que nunca vai saber. Você não sabe me manter, porque ao invés de mostrar que me quer, só sabe me culpar pelo que não dar certo para você, quando você vai entender? Eu estou aqui porque eu quero ficar, eu quero você, mas você não sabe me manter.

       Você não sabe me manter, porque enquanto outros garotos me mandam mensagens me elogiando, me falando a criatura extraordinária que eu sou, me mostrando como eu deveria ser mantida, você não sabe manter, você simplesmente quer que eu te solucione como um quebra cabeça, porque você não quer me manter.

120 dias

 Oi... Tudo bem aí? 

      Hoje fazem 120 dias. Você sente minha falta quanto eu sinto sua?

Tô precisando de alguém para me defender, alguém para rir das minhas piadas.

Posso ligar para você hoje?

Não vejo mais foto de perfil quando coloco seu número.

Pode me ver hoje? Pode me visitar?

Tenho estado cansada, duvidando do meu potencial, tenho andado preguiçosa e sentindo tudo escorrendo nas mãos, tenho me sentido sozinha e em outra realidade, é como se estivéssemos em uma nova temporada dessa série, mas eu gostava mais quando você estava.

Você é minha personagem favorita.

Pode me ver hoje?

Me desmotivei, mesmo sabendo que tô fazendo isso por mim e por você.

Posso te ligar?

120

120

120 dias ficam me fazendo rodar e rodar.

como eu vou aguentar?

Me sinto cruel comigo, porque consegui já ficar 120 dias sem você que tanto quis meu bem, minha calma e paz e não consegui 50 longe de quem me despreza, sabemos disso, sinto muito.

120 dias

até quando?

posso te ligar?

pode vim me ver?

eu não aguento mais de saudade de você.

-oração.

1001 textos sobre isso





 -então, fale tudo.

- tudo? - estremeci.

- Claro, afinal, você disse que precisava de alguém para desabafar. Você chamou. Eu vim.

- Certo, claro, claro. Acho que não queria mais sugar meus amigos com histórias sobre esse término. Acho que eles me achariam meio doida por não superar ele. Mas, ainda há tanto entalado. Eu realmente não sei o que fazer com tanto.

- Conte então.

- Ok. - pigarreio.- primeiro, eu odeio o fato que tudo foi perfeito no começo. Ele me chamava pelo sobrenome, como os caras bonitos e populares faziam com as mocinhas nos livros que eu lia. Eu me derretia toda vez que ele me chamava pelo meu segundo nome, soava doce e importante. Eu não podia acreditar na sorte que eu tinha. 

- Isso parece legal.

- E aí eu comecei a pensar: cara, meus amigos devem ter muita inveja disso tudo, porque era inevitável não admirar a gente. Ele me trazia presentes acompanhado de remédio quando eu ficava doente, ele me dava abraços por trás que me acolhia como uma casa. Ele me amava de um jeito que eu não sabia que era possível amar. Eu amei ele, eu o amei de uma forma quase doída demais para suportar. Acho que ainda amo.

- Ama?

- Não sei, talvez. Parece que fico dividida entre raiva e amor. Eu o odeio por ter me deixado, mas tento imaginar um cenário em que a gente tenha dado certo e você tem que ver… é perfeito.

- Mas não deram.

- Não demos. 

- Por isso eu estou aqui. Repito, você me chamou e eu vim.

- Você me acha bonita? Inteligente?

- Isso é relevante pra gente?

- Não sei, talvez. Porque com o tempo eu passei a sentir que não era. 

- Por que sentiu isso?

- Porque ele me deixou com a  sensação de que não posso ser amada a longo prazo. Não tô dizendo que a culpa foi dele. Não, nem um pouco. Talvez tenha sido minha mesmo de não ser amável. Eu não sou amável, sabia?

- Eu…

- Eu descobri há uns dias que não sou amável, tudo foi ficando mais claro, o porquê de eu sempre me sentir na sombra de outra pessoa, o porquê de eu ter feito tudo pra ele ficar e ele preferiu ir embora. Mesmo quando eu precisava dele. Nossa… eu precisava muito dele. Eu precisava dele pra caramba. Eu queria mais uns meses com ele. Acho que me faria bem.

- Mesmo sabendo que um dia ele tinha que ir?

- E quem não tem? Você não viu quem eu perdi? Todo mundo vai embora. Mas, precisa ir todo mundo de uma vez? 

- E o que você faria quando ele fosse?

- Acho que o que eu tô fazendo agora. Sobreviveria, tô sobrevivendo, sinto falta dele, penso em ligar, em mandar mensagem… penso em perguntar sobre a família dele. Mas… não faço… estou sobrevivendo sem ele. Tentar superar ele é a coisa mais difícil que já fiz na vida. E mesmo assim, tudo o que eu queria era repetir a dose. Era mais uma vez amar ele. 

- Eu queria poder abraçar você até isso passar.

- Mas não pode, você nem ao menos pode me dizer algo racional, além de me ouvir. Certo? Parece que não tem mais espaço suficiente para falar sobre os danos que esse amor me causou. Você acha que vamos superar?

- É bem possível, já ouviu histórias assim antes. Não somos excessões.

- Bem que poderíamos, poderíamos ser aquele amor que parecia que ia dar errado, mas o mocinho volta e confessa que não pode viver sem ela e eles se beijam na chuva.

- Aí que tá… ele pode viver sem você.

(Silêncio)

- eu sei. Eu sei que ele pode viver sem mim.

- É o que ele tem feito, afinal. Ele já ligou? Já mandou mensagem? Já disse que tava com saudade?

(Silêncio)

- Eu não entendo a sua necessidade de dar mais do que pode receber. E para quem não vai retribuir.

 (Silêncio)

- Quando vai aceitar que hoje é um dia a mais sem ele, pra ele também? Ele tá vivendo a vida dele, talvez ele tenha se apaixonado de novo, quem sabe? 

- Dói saber que eu sou substituível. Eu sempre fui.

- Porque você escolhe as pessoas erradas para amar e pessoas erradas vão te substituir pelas certas para ela, só assim você ficará livre para encontrar as suas certas.

- E até lá? Eu aceito que ele beija outros lábios? Aceito que ele se diverte sem mim? Vive bem sem mim? Não fala de mim?

- Meu bem… o que você tem feito até agora se não sobrevivido a isso?


- eu e minha consciência em algumas noites.